Folheto Litúrgico “O Povo de Deus”

Participe das transmissões da Santa Missa ao vivo em nosso canal do YouTube (clique aqui) e acompanhe as leituras no O Povo de Deus, o folheto litúrgico da Arquidiocese de Brasília.

DIA 04/12/2022 – SEGUNDO DOMINGO DO ADVENTO

DIA 11/12/2022 – TERCEIRO DOMINGO DO ADVENTO

👉🏻 Clique aqui para acessar outras edições diretamente do site da Arquidiocese de Brasília.

3 anos de dedicação da Paróquia

Na noite da última quarta-feira (25/05/22), o Arcebispo de Brasília, Dom Paulo Cezar Costa presidiu a Missa em Ação de Graças pelos três anos de dedicação da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, em Águas Claras.

Em sua homilia, Dom Paulo destacou, a partir do tempo de proximidade com a Solenidade da Ascenção e de Pentecostes que a Igreja está vivenciando, a beleza do Espírito na vida da Igreja: “Amados e amadas de Deus, estamos nos encaminhando para o final do tempo pascal e a Liturgia já começa a falar da vinda do Espírito Santo, do Paráclito, do Espírito da Verdade. O Espírito vai levando os discípulos a entenderem o mistério de Cristo que, na convivência terrena com eles, eles vivenciaram, mas por vezes não compreendiam.”

Falando sobre a dedicação de um templo, o Arcebispo lembrou que a razão de ser da construção é a comunidade viva que se reúne nele para dar glória a Deus: “A consagração de uma Igreja em que uma construção se torna casa de uma comunidade, ela se torna casa de Deus. Nós estamos aqui como Igreja viva. O Espírito é aquele que hoje constrói a vida da Igreja. O Espírito é aquele que faz com que as pessoas se envolvam nas pastorais e nos movimentos. Agradeçamos por tudo que o Santo Espírito está fazendo hoje em nossa Paróquia.”

A Igreja ensina que celebrar a dedicação de uma igreja é como celebrar o corpo de Cristo ressuscitado e a memória do povo de Deus que faz sua caminhada pela história. O templo é dedicado a Deus como uma separação, tornando aquele local santo. As igrejas são locais sagrados onde a presença de Deus está, sobretudo, na Eucaristia ali guardada. Além disso, os cristãos devem se lembrar que as igrejas são a imagem do corpo ressuscitado de Cristo são fonte do Espírito Santo e, também, lugar de encontro com o Pai.

Outro aspecto importante a se lembrar nesta festa é de que a Igreja é comunidade. As Igrejas, são Domus – casas – locais onde a comunidade se reúne para bendizer a razão de sua existência. Quando se celebra a dedicação de uma Igreja, se recorda que o povo fiel é Igreja, é comunidade, é membro do Corpo Místico de Cristo, Templo verdadeiro do Espírito Santo. Segundo alguns teólogos espirituais, cada batizado é como que uma pedra viva na edificação do templo espiritual que é a Igreja. Da mesma forma, cada cristão é chamado a assumir sua parte na edificação do Reino de Deus.

Fonte: Site da Arquidiocese de Brasília

Indulgência Plenária de Finados

O que é indulgência?

Indulgência “é a remissão, diante de Deus, da pena temporal devida pelos pecados já perdoados quanto à culpa, que o fiel, devidamente disposto e em certas e determinadas condições, alcança por meio da Igreja, a qual, como dispensado da redenção, distribui e aplica, com autoridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos”.

A indulgência plenária pelos fiéis defuntos

A indulgência plenária de finados é aplicada sempre aos fiéis defuntos no dia de finados, 2 de novembro. Mas, devido ao Covid-19, as indulgências plenárias para os fiéis falecidos foram prorrogadas por todo o mês de novembro.

Como lucrar as indulgências?

  • Confissão sacramental;
  • Participar da missa e comungar;
  • Rezar em intenção do Sumo Pontífice (Pai-Nosso e a Ave-Maria nas intenções do Santo Padre – ou outra oração por ele; Oração do Credo; Oração, ao menos mental, pelos fiéis defuntos)

Buscar as indulgências, nesta comemoração dos Fiéis Defuntos é uma obra de misericórdia espiritual

Todos são chamados a irem ao cemitério, bem como, uma igreja ou oratório afim de rezar pelos fiéis defuntos. Aqueles que não podem ir, recebem a indulgência cumprindo as observações em casa, hospitais ou em casa de repouso.

As três condições podem ser preenchidas em dias diversos, antes ou após a realização da obra prescrita; mas convém que a comunhão e a oração nas intenções do Soberano Pontífice se façam no mesmo dia em que se faz a obra.

Com uma só confissão sacramental, podem adquirir-se várias indulgências plenárias, mas para cada indulgência plenária é necessária uma comunhão e as orações nas intenções do Sumo Pontífice façam no mesmo dia em que se faz a obra. Lucra-se uma indulgência plenária por dia.

Como identificar comportamentos suicidas

A Paróquia Nossa Senhora da Assunção, convida todos a participarem da palestra “Como identificar comportamentos suicidas: principais fatores de risco”, que acontece no dia 22 de outubro de 2021 (sexta-feira), logo após a missa das 19h30.

Palestrantes:

Dr. Fulvio Godinho
Médico Psiquiatra

Dra. Patrícia Jakeliny Moraes
Doutora em Psicologia pela UCBEspecialista em Terapia Familiar

Em tudo somos atribulados,mas não angustiados;perplexos, mas não desanimados.
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos,mas não destruídos;
2 Co 4: 8-9

Grupo de Apoio ao Luto

A Paróquia Nossa Senhora da Assunção convida aqueles que estão em sofrimento por luto para participarem dos grupos que acontecerão a partir do dia 18/10, às segundas-feiras, às 19h30, sob a coordenação de profissionais da área de saúde.


Os interessados deverão preencher a ficha de inscrição na secretaria da Paróquia.

Festa da Padroeira 2021 e Semana da Família

Confira a seguir a programação. Acompanhe mais detalhes nas redes sociais da Paróquia.

NOVENA

Diariamente: Oração do Terço*, Santa Missa e reflexões sobrea Ladainha de Nossa Senhora
* No domingo (8/8), a oração do Terço deverá ser no seu lar, com a família.

  • 6/8 (sexta-feira) – Terço às 19h | Missa às 19h30
    Reflexões I: “A Ladainha”
  • 7/8 (sábado) – Missa às 8h | Terço após a Missa
    Reflexões II: “Senhor, tende piedade de nós”
  • 8/8 (domingo) – Missa às 11h – Reflexões III: “Santa Maria”
  • 9/8 (segunda-feira) – às 19h | Missa às 19h30
    Reflexões IV: “Santa Mãe de Deus”
  • 10/8 (terça-feira) – Terço às 19h | Missa às 19h30
  • 11/8 (quarta-feira) – Terço às 19h | Missa às 19h30
  • 12/8 (quinta-feira) – Terço e Adoração às 18h30 | Missa às 19h30
  • 13/8 (sexta-feira) – Terço às 19h | Missa às 19h30
    Reflexões V: “Santa Virgem das Virgens”
  • 14/8 (sábado) – Missa às 8h | Terço após a Missa
    Reflexões VI: “Mãe de Cristo”

PALESTRAS

  • 10/8 (terça-feira) – Tema: Desafios do Amor Conjugal
    Dr. Marcelo Couto Dias Alegrias
    Doutor pela UFS com estágio na Universidade de Bolonha, especializado em Ciências do Matrimônio e da Família pelo Instituto João Paulo II Universidade Lateranense (Roma/Itália)
  • 11/8 (quarta-feira) – Tema: A exortação apostólica Amoris Laetitia
    Pe. João Baptista Mezzalira
    Formador do Seminário Missionário Arquidiocesano Redemptoris Mater
  • 12/8 (quinta-feira) – Tema: A Assunção de Nossa Senhora,esperança escatológica do cristão
    Pe. Paulo César Quaresma
    Vigário da paróquia Nossa Senhora da Assunção, na Ceilândia/DF

Sempre após a Missa das 19h30.
Para participar presencialmente, inscreva-se aqui na Missa.
Transmissão ao vivo pelo nosso canal no YouTube.

CARREATA

  • 15/8 (domingo) às 9h30
    Carreata saindo da Paróquia
  • 15/8 (domingo) às 11h
    Santa Missa presidida por Dom José Aparecido, bispo auxiliar de Brasília.

Dia Mundial dos Avós e dos Idosos

Neste domingo, 25/07/2021, a Igreja celebra o 1º Dia Mundial dos Avós e dos Idosos.

No Vaticano, a data será celebrada com uma missa no domingo (25) a partir das 10h no horário local, 5h no Horário de Brasília. A celebração na Basílica de São Pedro será transmitida ao vivo pelo Vatican News – Rádio Vaticano, com comentários em português.

Em nossa Paróquia, as missas serão às 7h, 9h, 11h*, 16h, 18h e 20h. (*com transmissão ao vivo pelo nosso canal do YouTube)

Baixe aqui a Mensagem do Papa Francisco aos avós

Baixe aqui a Oração Oficial do 1º Dia Mundial dos Avós e dos Idosos

Indulgência Plenária

Por ocasião do primeiro dia mundial dos avós e dos idosos (25 de julho de 2021), todos os fiéis poderão receber a INDULGÊNCIA PLENÁRIA (a remissão, perante Deus, da pena temporal devida aos pecados cuja culpa já foi apagada), pressuposto o desapego a qualquer pecado, sob as condições habituais (15 dias antes ou 15 dias depois):

  • confissão sacramental;
  • comunhão eucarística;
  • oração nas intenções do Papa Francisco (Pai Nosso, Ave Maria e Glória);
  • cumprir a prática indulgenciada: Participar no dia 25 de julho de 2021 (pela TV ou internet) da solene celebração que o Papa Francisco presidirá na Basílica de São Pedro 10h local (5h em Brasília), estende-se às celebrações do dia dos avós que ocorrerão em todo o mundo;

A Indulgência Plenária será concedida também “nesse mesmo dia aos fiéis que dedicarem tempo para visitar em presença ou virtualmente os irmãos idosos necessitados ou em dificuldade, como os doentes, os abandonados, os deficientes e outros”.

Poderão também obter a Indulgência Plenária, os idosos doentes e todos os que, impossibilitados de saírem de casa por grave motivo, unirem-se espiritualmente às funções sagradas do dia mundial dos avós e dos idosos, através da TV e internet.

Leia aqui o Decreto da Indulgência Plenária

2021, Ano Jubilar de São José

A Igreja concede o dom de Indulgências especiais durante todo o Ano Jubilar em honra de São José.

Para alcançar o dom da Indulgência Plenária, o fiel deve ter se confessado, comungar, rezar pelas intenções do Santo Padre e participar de uma das 7 ocasiões indicadas:

  1. Meditar a oração do Pai Nosso por pelo menos 30 minutos.
  2. Participar de um retiro espiritual, de ao menos um dia, que inclua uma meditação sobre São José.
  3. Praticar uma obra de misericórdia corporal ou espiritual.
  4. Rezar o terço em família ou entre noivos.
  5. Confiar todos os dias sua atividade à proteção de São José e invocar sua intercessão para que os desempregados tenham trabalho e que o trabalho de todos seja mais digno.
  6. Rezar a Ladainha de São José em favor da Igreja perseguida e pelo alívio de todos os cristãos que sofrem qualquer forma de perseguição. (veja abaixo)
  7. Recitar qualquer oração legitimamente aprovada ou ato de piedade em honra de São José especialmente nos dias: 19/03, 01/05, no dia 19 de cada mês e em cada quarta-feira. (veja abaixo)

Aos idosos, aos enfermos, aos agonizantes e aos impossibilitados de sair de casa, que, com espírito desapegado de qualquer pecado e com a reta intenção de se confessar, comungar e rezar pelas intenções do Santo Padre, rezarem um ato de piedade em honra de São José, também fica concedida a Indulgência Plenária.

Saiba mais:
Leia aqui a Carta Apostólica “Patris Corde”, do Santo Padre Francisco, por ocasião do 150º aniversário da Declaração de São José como padroeira da Igreja Universal

Ladainha de São José


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.
R. Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
R. Jesus Cristo, atendei-nos.

Deus, Pai dos Céus, tende piedade de nós.
Deus Filho, Redentor do mundo,
Deus Espírito Santo,
Santíssima Trindade, que sois um só Deus,

Santa Maria, rogai por nós.
São José,
Ilustre filho de David,
Luz dos Patriarcas,
Esposo da Mãe de Deus,
Casto guarda da Virgem,
Sustentador do Filho de Deus,
Zeloso defensor de Jesus Cristo,
Chefe da Sagrada Família,
José justíssimo,
José castíssimo,
José prudentíssimo,
José fortíssimo,
José obedientíssimo,
José fidelíssimo,
Espelho de paciência,
Amante da pobreza,
Modelo dos operários,
Honra da vida de família,
Guarda das virgens,
Sustentáculo das famílias,
Alívio dos miseráveis,
Esperança dos doentes,
Patrono dos moribundos,
Terror dos demônios,
Protetor da Santa Igreja,

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
R. perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
R. Ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
R. tende piedade de nós.

V. Ele constituiu-o senhor da sua casa.
R. E fê-lo príncipe de todos os seus bens.

Oremos: Ó Deus, que por inefável providência Vos dignastes escolher a São José por esposo de vossa Mãe Santíssima; concedei-nos, Vo-lo pedimos, que mereçamos ter por intercessor no Céu, aquele que veneramos na Terra como protetor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

Oração de São José


Salve, guardião do Redentor
e esposo da Virgem Maria!
A vós, Deus confiou o seu Filho;
em vós, Maria depositou a sua confiança;
convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai também para nós
e guiai-nos no caminho da vida.
Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem,
e defendei-nos de todo o mal. Amém.

Concurso de Presépios: mostre o verdadeiro sentido do natal

AVISO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 15/12/20. APROVEITE!

O Concurso de Presépios é uma realização da Paróquia Nossa Senhora da Assunção – Águas Claras, Pastoral da Catequese, e possui os seguintes objetivos:

  • Introduzir e resgatar a cultura e a memória das tradições populares cristãs do Natal por meio do presépio;
  • Proporcionar a contemplação e reflexão sobre o nascimento de Jesus Cristo;
  • Relançar na família o hábito da montagem/construção do presépio, proporcionando na família um momento de união e comunhão.
Papa Francisco
Clique na foto para ler a Carta Apostólica “Admirabile Signum”, do Papa Francisco, sobre o significado e valor do Presépio.

Regulamento

1. O concurso destina-se às crianças e adolescentes inscritos na catequese do ano pastoral de 2020 e as suas famílias;

2. Os presépios deverão ter no mínimo três figuras – o Menino Jesus, a Virgem Maria e S. José. Não existe, contudo, limite máximo de figuras;

3. Os presépios serão avaliados segundo a fidelidade a história do nascimento de Jesus Cristo, a originalidade e a beleza

4. As inscrições para o concurso deverão ser efetuadas até o dia 15 de dezembro de 2020, através do preenchimento de formulário próprio de inscrição, conforme o modelo de formulário (clique aqui) deste Regulamento.

5. As inscrições poderão ser feitas: 

a) pessoalmente, na secretaria da Paróquia (no seu horário normal de funcionamento); 

b) virtualmente, enviando o formulário com todos os dados preenchidos para o seguinte endereço de e-mailparoquiaassuncao@yahoo.com.br  

Obs.: Os formulários estarão disponíveis no site da Paróquia (clique aqui para baixar)

6. Para a avaliação dos presépios, deverão ser enviados, para o e-mail da paróquia:

  • 1 vídeo de no máximo 1 minuto mostrando o presépio;
  • No máximo 10 fotos do presépio;

O e-mail deverá deixar claro a que família ou catequizando refere-se o presépio em questão, não se responsabilizando a paróquia por possíveis falhas de comunicação.

7. A data limite para o envio desse material será o dia 20 de dezembro de 2020

8. A avaliação será feita por um grupo de jurados, constituído pelos Padres da Paróquia, o Diácono e a coordenação da catequese da Paróquia.

9. Os três presépios mais bem votados receberão uma visita da equipe de jurados, para uma avaliação final; além disso, terão seus vídeos e fotos divulgados no site da paróquia.

10. O presépio vencedor será anunciado no dia 24 de dezembro, na Missa das 20h, e posteriormente será divulgado nas mídias sociais.

11. A criança ou jovem da catequese cujo presépio houver sido o vencedor será premiada com uma Bicicleta; o segundo e o terceiro colocados receberão prêmios menores.